...

B. O. ANIMAL

Página de Registros, o Blog B.O.Animal ajuda a denunciar e arquivar casos testemunhados por Protetores e Simpatizantes da Causa Animal para não se deixar esquecer dos agressores (nem sempre punidos) e cúmplices de maus tratos e ocultação da verdade. Além de oferecer matérias importantes e interessantes sobre a vida animal, saúde, idade, alimentação, receitas caseiras, tirando dúvidas entre leitores sobre tratamentos e socorros!

Demos o primeiro passo, buscamos apoio e lutamos por Justiça às Vítimas, fatos que foram testemunhados e registrados por Protetores e Simpatizantes da Causa Animal são divulgados e arquivados, não conheceríamos os três maiores criminosos de outra forma: CAMILA CORREIA, DALVA LIMA DA SILVA e CLÁUDIO CÉSAR MESSIAS.

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Cancelado Julgamento da Enfermeira Camilla Correa/GO

Ela é acusada de Tortura e Morte de cão Yorkshire na frente da filha pequena, desde 2011

Enfermeira seria julgada por maus-tratos e constrangimento de menor na próxima segunda-feira. Julgamento ainda não tem nova data.

Fonte: http://www.olancejornal.com.br/index.php/noticias/formosa-e-regiao/197-adiado-julgamento-de-mulher-acusada-de-torturar-e-matar-yorkshire

      O julgamento da enfermeira Camilla Corrêa Alves de Moura Araújo dos Santos, de 23 anos, acusada de torturar e matar uma cadelinha yorkshire em dezembro de 2011 foi adiado. A data já estava marcada no Fórum de Formosa para o dia 25 de fevereiro, mas foi adiado na sexta-feira passada (15).


      Camilla foi filmada espancando a cadela Lana, que depois foi encontrada morta no prédio onde moravam. O vídeo foi parar no youtube e, consequentemente, chegou à polícia.
      A enfermeira até veio a público se defender e fez declarações polêmicas em seu twitter.“Vocês não sabem o que eu passei com aquela peste”, disse. Ela ainda afirmou, na época, que o caso “não dá nada”.
     Camila está sendo processada por maus-tratos e constrangimento de menor, pois a agressão ao animal foi feita na frente de uma criança, a filha dela. O motivo do adiamento não foi revelado, pois a 2ª Vara Criminal de Formosa informou que se trata de um segredo de Justiça. A nova data ainda não foi marcada, mas a previsão é de que ocorra em agosto.