...

B. O. ANIMAL

Página de Registros, o Blog B.O.Animal ajuda a denunciar e arquivar casos testemunhados por Protetores e Simpatizantes da Causa Animal para não se deixar esquecer dos agressores (nem sempre punidos) e cúmplices de maus tratos e ocultação da verdade. Além de oferecer matérias importantes e interessantes sobre a vida animal, saúde, idade, alimentação, receitas caseiras, tirando dúvidas entre leitores sobre tratamentos e socorros!

Demos o primeiro passo, buscamos apoio e lutamos por Justiça às Vítimas, fatos que foram testemunhados e registrados por Protetores e Simpatizantes da Causa Animal são divulgados e arquivados, não conheceríamos os três maiores criminosos de outra forma: CAMILA CORREIA, DALVA LIMA DA SILVA e CLÁUDIO CÉSAR MESSIAS.

quinta-feira, 23 de maio de 2013

Facebook uni interessados nos Direitos dos Animais das cidades - Ouro Preto e Mariana/MG


As cidades mineiras, Ouro Preto e Mariana, juntamente com influência de membros da Vidanimal Ong da cidade de Itabirito (única referência dos Direitos dos Animais na Região), tem se unido com grande esforço em prol da Causa Animal e fundação de ONG nas duas cidades históricas.

Seja um participante ativo da página aberta ao público. Assine a Petição 'Contra o sacrifício de animais no CCZ de Ouro Preto' - detalhes abaixo; troque informações de Animais para Adoção, Tratamento, notícias e Denúncias de Abandono e Maus Tratos vivenciados e desconhecidos publicamente.

Os Animais agradecem!



Detalhes da Petição


Contra o sacrifício de animais no CCZ de Ouro Preto

Atenção!

Precisamos da ajuda de todos, pois o assunto é revoltante!

Os animais recolhidos pela carrocinha de Ouro Preto/MG vão para o CCZ e têm os dias contados, caso ninguém vá buscar-los ou por um milagre adotar-los, eles permanecem lá (em uma situação lastimável) até 7 dias e após este período são eutanasiados (SACRIFICADOS). Esta é uma lei MUNICIPAL (da cidade de Ouro Preto). Onde estão os direitos dos animais? onde está a compaixão do homem? Precisamos mudar isso JÁ! Assinem, espalhem, algo têm que ser feito em prol de quem só amor trás.

Sua ajuda é de tamanha importância, não dê as costas para quem jamais te abandonaria.


quarta-feira, 15 de maio de 2013

'Ela está arrependida', afirma marido de mulher que agrediu cão no RS

'Ela está arrependida', afirma marido de mulher que agrediu cão no RS

Homem não quis se identificar e diz que sofre ameaças desde sexta (10).
'Não cometi crime algum. Vamos continuar vivendo normalmente', diz.

Do G1 RS
Homem diz que sofreu ameaças por e-mail e por celular (Foto: Reprodução/RBS TV)Homem diz que sofreu ameaças por e-mail e por celular
(Foto: Reprodução/RBS TV)
Ao levar a esposa para prestar depoimento à polícia nesta terça-feira (14), o marido da mulher que foi filmada agredindo um filhote de poodle na última sexta (10) disse que a família está arrependida pelo fato e preocupada com a exposição do filho na imprensa. O homem de 46 anos, que pediu para não ser identificado, revelou que não pretende se mudar do condomínio onde o vídeo foi registrado.
Ele afirma que a família vai continuar vivendo normalmente, mesmo assustada com as ameaças sofridas desde que o vídeo foi publicado.
“Fiquei muito bravo com ela. O país inteiro ficou. Mas nós frequentamos a igreja, somos evangélicos, nunca passamos por isso. Houve muita exposição dos meus filhos. Ela vai assumir, já está arrependida”, declara o marido. “Creio que a denúncia deveria ser feita mesmo e ficar com a Justiça. Eu não cometi crime algum, vamos continuar vivendo normalmente, não temos por que nos mudar. Foi um fato isolado”, diz.
Ele diz ainda que sua mulher passará por exames para comprovar que não usa drogas. “É difícil. Vamos procurar assistência psicológica e ela vai fazer exames para provar que não usa mais drogas”, explica.
Mulher presta depoimento
A antiga dona do filhote se apresentou à polícia nesta terça para prestar depoimento. Ela chegou acompanhada dos filhos e do marido pouco depois das 9h à sede da Delegacia de Polícia para Crianças e Adolescentes (Deca) e está sendo ouvida pelo delegado Andrei Luiz Vivan.

A mulher estava sendo procurada pela Polícia Civil desde a segunda-feira (13), mas não havia sido encontrada. Segundo o delegado, o caso é investigado inicialmente pelo Deca pois também existem suspeitas que ela praticava agressões contra os filhos. No decorrer da investigação, o delegado Leandro Cantarelli Lisadro, da Delegacia para Criança e Adolescente Vítima (DPCAV), assumirá o caso.
As imagens gravadas por um estudante mostram a mulher e o filho agredindo o animal, um filhote da raça poodle, em um condomínio na Zona Norte da capital gaúcha. O animal desmaiou e foi resgatado na última sexta-feira (10) pelo subsíndico do condomínio, Bruno Campelo. O cão foi levado por ele e pelo síndico até uma clínica, onde passou por exames e foi medicado. No domingo, ele já estava bebendo água e se alimentando sozinho.
Em determinado momento do vídeo, a mulher que agrediu o filhote diz a um de seus filhos: "Todos os cachorros, todos os bichos que tu vês na rua a gente não trata bem. A gente vai e bate".
Cãozinho tem novo dono e passa bem
O filhote de poodle batizado de Rossi passa bem depois da agressão (Foto: Fernando Lopes/G1)
O filhote de poodle batizado de Rossi passa
bem após agressão (Foto: Fernando Lopes/G1)
Adotado pelo homem que o resgatou, o filhote Rossi recebeu a primeira vacina nesta terça-feira (14). Recuperado, ele já corre normalmente e brinca com a filha do novo dono, Bruno Campelo.
"Ele está começando a viver uma nova vida", afirmou Bruno ao G1, em visita à RBS TV nesta terça. Rossi ficou em uma clínica veterinária durante um dia e meio, quando a veterinária o liberou para ir para casa. No apartamento novo, o filhote se alimenta com ração específica e brinca com os moradores. "Ele ficou meio tímido no início, depois começou a se soltar. Tenho uma filha de 1 ano e 3 meses, a Bruna. Ela brinca muito com ele, tem hora que ele exagera na mordida e ela sai correndo, mas volta a brincar, faz um carinho", conta.


Mulher ensina Filho a torturar seu Cão de estimação - RS



Matéria G1: http://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2013/05/ela-esta-arrependida-afirma-marido-de-mulher-que-agrediu-cao-no-rs.html


.

terça-feira, 14 de maio de 2013

Mulher ensina Filho a torturar seu Cão de estimação - RS


Justiça ao Rossi


A agressão dos donos a um cachorro da raça poodle postada na internet provocou comoção nas redes sociais durante o final de semana e diversos desdobramentos nesta segunda-feira. Diante da revolta dos vizinhos, a família doou o animal ao subsíndico do prédio onde mora, na zona norte de Porto Alegre, e sumiu do local. 

Conselheiros tutelares anunciaram que vão analisar o caso e podem até pedir medidas de proteção às crianças, tanto por estarem sendo ensinadas a maltratar os bichos quanto por serem possíveis vítimas de violência praticada pelos pais.
As imagens foram filmadas na sexta-feira, 10, e mostram uma mulher e um garoto chutando o cãozinho contra a parede da varanda de um apartamento. A mãe chega a orientar o filho a "não tratar bem" e a "bater" nos bichos que encontrar na rua. 

O garoto parece aprender rapidamente o ensinamento. Além dos chutes, pega o animal com as mãos para atirá-lo ao chão com força. Os vizinhos perceberam o choro do poodle e um deles gravou as cenas, postado discretamente em um andar superior.

Depois de ver o cachorro desacordado, a própria mulher pediu ajuda a um porteiro. Posteriormente, a família entregou o animal ao síndico. O cão foi submetido a exames, que comprovaram que não sofreu fraturas. Na volta ao prédio, foi adotado pelo subsíndico e ganhou o nome de Rossi.