...

B. O. ANIMAL

Página de Registros, o Blog B.O.Animal ajuda a denunciar e arquivar casos testemunhados por Protetores e Simpatizantes da Causa Animal para não se deixar esquecer dos agressores (nem sempre punidos) e cúmplices de maus tratos e ocultação da verdade. Além de oferecer matérias importantes e interessantes sobre a vida animal, saúde, idade, alimentação, receitas caseiras, tirando dúvidas entre leitores sobre tratamentos e socorros!

Demos o primeiro passo, buscamos apoio e lutamos por Justiça às Vítimas, fatos que foram testemunhados e registrados por Protetores e Simpatizantes da Causa Animal são divulgados e arquivados, não conheceríamos os três maiores criminosos de outra forma: CAMILA CORREIA, DALVA LIMA DA SILVA e CLÁUDIO CÉSAR MESSIAS.

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Repercussão: Dono do cão arrastado diz que foi acidente


Dono de rotweiller diz que arrastou cachorro por acidente

Polícia Civil localizou o mecânico na tarde desta quinta-feira

03/11/2011 - 17:48

A Polícia Civil localizou na tarde desta quinta-feira (3) o dono do rotweiller que foi arrastado por um carro por pelo menos 1 quilômetro de distância na tarde de quarta-feira, no bairro Alto, em Piracicaba. O mecânico Claudio César Messias, que conduzia a caminhonete na ocasião, disse ao EP Piracicaba que o ocorrido foi um acidente. Ele foi ouvido na delegacia e liberado em seguida.

Em depoimento no 2º Distrito Policial, Messias afirmou que passeava com o cão, que teria pulado da carroceria da picape sem que ele notasse. “Só percebi que estava arrastando ele, quando um motoqueiro me parou e avisou. Fui embora porque achei que ele tivesse morrido, me deu um branco, um desespero e saí”, falou.
O delegado Wilson Sabino informou que será feita perícia na caminhonete e na corda que o pretendia e, em seguida, as testemunhas serão ouvidas. “Vamos ver se há divergência entre o que ele disse e o relato das testemunhas. A princípio, o que eu penso é que é preciso ter cautela com os animais domésticos. Se ele queria passear com o cão na caminhonete, deveria se cercar de cuidados maiores”, disse o delegado.
O mecânico vai responder por prática de abuso a animais, crime previsto no artigo 32 da Lei de Defesa ao Meio Ambiente. Ele aguarda o correr das investigações em liberdade, já que não houve uma situação de flagrante. Caso seja condenado, a pena pode chegar a um ano de prisão, além de multa.
Protesto
O mesmo grupo que organizou um protesto na tarde desta quinta, na Praça José Bonifácio, também foi à porta do distrito e, na saída de Messias do local, houve gritos de protesto dos manifestantes, que se revoltaram contra a versão do mecânico de que não notou. "Você não sabia de nada, mas nós sabemos", gritou a diretora da Sociedade Piracicabana de Proteção aos Animais (SPPA), Laís Stella Rabelo. 
Imagem colhida por Manifestação na Web






Matéria passada:

Crueldade sem fim - Mais um cão arrastado por veículo


Cão amarrado em carro e arrastado por quarteirões terá pata amputada

Homem enrolou animal em uma corda e o puxou com uma picape na tarde de quarta-feira (2)

03/11/2011 - 10:35

Um cachorro rottweiler foi arrastado por vários quarteirões na tarde desta quarta-feira (2) na rua Bom Jesus, no Bairro Alto, em Piracicaba. O animal foi amarrado por uma corda em uma picape. O homem que dirigia o veículo de propriedade de uma empresa ainda deu ré com o carro para passar com as rodas em cima do cão. O animal deverá ter uma das patas amputadas nesta quinta-feira (3).
No boletim de ocorrência consta que as duas testemunhas gritaram para alertar o motorista, mas ele não parou o veículo. "Os meninos que viram a agressão disseram que o homem falou que não queria mais saber do animal. Eles afirmaram também que o motorista aparentava estar embriagado", contou Luis Américo Chittolina, presidente da Sociedade Piracicabana Protetora dos Animais (SPPA).
Nesta quinta-feira (3), a SPPA vai entrar com uma representação judicial contra o agressor. A população que viu a agressão anotou a placa do veículo e o nome da empresa. O homem está sendo procurado nesta manhã pela Polícia Militar. "Foi uma barbárie. A gente ainda não sabe o motivo da violência porque ele fugiu do local", afirmou Chittolina.

O animal foi encaminhado na quarta para o canil municipal e nesta quinta-feira está sendo analisado pela clínica Frasson. "Ele está bem, apesar dos ferimentos, e agora está sendo transferido para a clínica particular onde será necessária a amputação de uma das patas. Ele perdeu muito sangue", afirmou Miriam Miranda, presidente da organização governamental (ONG) Vira-Lata Vira-Vida.
O rottweiler ainda passa por exames nesta manhã. O animal está sob responsabilidade da ONG Vira-Lata Vira-Vida. O rottweiller tem sete anos de idade.
Cão recebe os Primeiros Socorros das Testemunhas