...

B. O. ANIMAL

Página de Registros, o Blog B.O.Animal ajuda a denunciar e arquivar casos testemunhados por Protetores e Simpatizantes da Causa Animal para não se deixar esquecer dos agressores (nem sempre punidos) e cúmplices de maus tratos e ocultação da verdade. Além de oferecer matérias importantes e interessantes sobre a vida animal, saúde, idade, alimentação, receitas caseiras, tirando dúvidas entre leitores sobre tratamentos e socorros!

Demos o primeiro passo, buscamos apoio e lutamos por Justiça às Vítimas, fatos que foram testemunhados e registrados por Protetores e Simpatizantes da Causa Animal são divulgados e arquivados, não conheceríamos os três maiores criminosos de outra forma: CAMILA CORREIA, DALVA LIMA DA SILVA e CLÁUDIO CÉSAR MESSIAS.

domingo, 31 de julho de 2011

Ministério Público de SP cria grupo que combaterá crimes contra animais

29 JULHO 2011

Defensores dos animais

Em 21 de fevereiro de 2010 lançamos publicamente a campanha pela criação da 1ª Promotoria de Defesa Animal do país, em São Paulo/SP, inspirados na tese acadêmica do Promotor de Justiça Dr. LAERTE FERNANDO LEVAI, publicada três anos antes. Em pouco tempo conseguimos reunir milhares de assinaturas de cidadãos que compreenderam a importância de um envolvimento mais amplo e apurado desta fundamental instituição, que é o Ministério Público, com a questão animal. Levamos as assinaturas ao procurador de justiça licenciado e deputado estadual Dr. FERNANDO CAPEZ, que imediatamente se dispôs a articular politicamente a criação do órgão.

Na última quarta-feira, 27 de julho, após um ano e meio de campanha, o Órgão Especial do Conselho de Procuradores de Justiça do MP/SP reuniu-se para decidir sobre a criação de um grupo de atuação especial que tratasse da questão animal. Algumas notícias divulgadas via internet, com várias inconsistências, têm dado a entender que foi criado um grupo para tratar exclusivamente da defesa dos animais. A proposta aprovada é mais abrangente, o GECAP - GRUPO DE COMBATE AOS CRIMES AMBIENTAIS E PARCELAMENTO DO SOLO URBANO, que engloba a defesa dos animais (veja ABAIXO o Ato Normativo que o criou).

"II - ATOS

A-SUBPROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA JURÍDICA

ATO NORMATIVO Nº 704/2011-PGJ-CPJ, DE 28 DE JULHO 2011

(Protocolado nº 142.754/2010)

Institui o GRUPO ESPECIAL DE COMBATE AOS CRIMES AMBIENTAIS E DE PARCELAMENTO IRREGULAR DO SOLO URBANO (GECAP) e dá outras providências.

O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA e o COLÉGIO DE PROCURADORES DE JUSTIÇA, por meio de seu ÓRGÃO ESPECIAL, no exercício das atribuições que lhes são conferidas pelos arts. 19, inciso XII, “c”, e 47, § 4º, da Lei Complementar Estadual nº 734, de 26 de novembro de 1993;

CONSIDERANDO ser função institucional do Ministério Público, expressamente prevista na Constituição Federal (art. 129, III), a proteção do meio ambiente, incluída a da fauna;

CONSIDERANDO o elevado número de ocorrências envolvendo abusos, maus tratos, ferimento e mutilação de animais, inclusive em ambiente urbano e doméstico, caracterizando a prática de delitos tipificados na Lei nº 9.605/98;

CONSIDERANDO que a grande incidência de parcelamento irregular do solo urbano está a exigir a atuação especializada do Ministério Público no âmbito criminal;

CONSIDERANDO que os crimes contra o meio ambiente e os parcelamentos Irregulares do solo urbano produzem significativos prejuízos sociais, conspirando contra o ecossistema, o desenvolvimento sustentável e o crescimento ordenado do município de São Paulo;

CONSIDERANDO a necessidade de o Ministério Público conceber rotinas e novas práticas que permitam a atuação cooperada com órgãos e instituições estatais para aprimorar o combate às infrações penais contra o meio ambiente e contra a ordem urbanística;

CONSIDERANDO ser necessária a instituição de instrumentos de aproximação dos órgãos de execução, especialmente para o aperfeiçoamento das funções institucionais;

CONSIDERANDO a necessidade de a atuação coordenada privilegiar o princípio do Promotor de Justiça Natural, integrando-se, quando possível, os órgãos de execução que compartilhem atribuições;

CONSIDERANDO, por fim, que o Órgão Especial do Colégio de Procuradores de Justiça, por deliberação ocorrida na reunião de 27 de julho de 2011, aprovou a proposta apresentada pelo Exmo. Procurador-Geral de Justiça;

RESOLVEM editar o seguinte Ato Normativo:

CAPÍTULO I – DA CRIAÇÃO E MISSÃO INSTITUCIONAL

Art. 1º. Fica criado, no âmbito do Ministério Público do Estado de São Paulo, o GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL DE COMBATE AOS CRIMES AMBIENTAIS E DE PARCELAMENTO E OCUPAÇÃO IRREGULAR DO SOLO URBANO(GECAP), integrado por Promotores de Justiça que oficiem nas Promotorias de Justiça Criminais do Foro Central da Capital, designados pelo Procurador-Geral de Justiça, após consulta aos órgãos de execução abrangidos por sua atuação.

Art. 2º. Constitui missão do GECAP a atuação coordenada em feitos de suas atribuições, oficiando de forma integrada e harmônica com as Promotorias de Justiça Criminais do Foro Central,do Meio Ambiente e de Habitação e Urbanismo da Capital e, quando couber,com os demais órgãos de execução do Ministério Público do Estado de São Paulo.

Art. 3º. O GECAP poderá ser organizado em unidades internas de atuação, por ato específico do Procurador-Geral de Justiça.

CAPÍTULO II - DAS ATRIBUIÇÕES

Art. 4º. Caberá ao GECAP a atribuição de oficiar nos procedimentos extrajudiciais (representações, peças de informação, inquéritos policiais, procedimentos investigatórios criminais e termos circunstanciados) e nos processos criminais de competência do Foro Criminal Central e do Juizado Especial Criminal do Foro Central, que envolvam a prática de crimes de parcelamento e ocupação irregular do solo urbano (Lei nº 6.766/79) e contra o meio ambiente, incluídos os delitos de abuso, maus tratos, ferimento ou mutilação de animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos (Lei nº 9.605/98 e alterações posteriores), bem como os conexos.

Parágrafo único. A atuação do GECAP em procedimentos de atribuição de outras Promotorias de Justiça Criminais somente ocorrerá por solicitação do Promotor de Justiça Natural e com designação do Procurador-Geral de Justiça.

Art. 5º. O GECAP deverá atuar de forma integrada com o Promotor de Justiça Natural, cumprindo-lhe:

I – oficiar em representações criminais, peças de informação, inquéritos policiais,termos circunstanciados e processos criminais que versem sobre os delitos indicados no art. 4º;

II – atuar de forma coordenada e em colaboração com os demais Grupos de Atuação Especial;

III – promover ações de articulação e colaboração com os demais órgãos de execução do Ministério Público do Estado de São Paulo, podendo sugerir a atuação coordenada com outras Instituições públicas ou privadas;

IV – elaborar e difundir estudos para o aperfeiçoamento profissional e institucional na sua área de atuação;

V – fornecer elementos de informação que possam subsidiar ações cujo objeto seja a restauração de danos ambientais de qualquer ordem ou decorrentes do parcelamento ou da ocupação irregular do solo urbano;

VI – fornecer o apoio necessário aos demais órgãos de execução do Ministério Público do Estado de São Paulo, acerca das matérias de suas atribuições, sempre que solicitado.

§ 1º. Sendo destinatário de peças de informação de outro órgão de execução, o GECAP promoverá a imediata redistribuição, comunicando o Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça Criminais.

§ 2º. Nos procedimentos investigatórios de natureza criminal, o GECAP observará as disposições da Resolução nº 13, de 02 de outubro de 2006, do Conselho Nacional do Ministério Público.

Art. 6º. A atuação do GECAP compreenderá e será realizada em todas as fases da persecução, mesmo em Juízo, inclusive em audiência, e até decisão final, respeitado sempre o princípio do Promotor de Justiça Natural.

Art. 7º. O GECAP deverá promover internamente a gestão integrada de todas suas ações, compartilhando informações com o setor próprio do CAEX e com os demais Grupos de Atuação Especial.

Art. 8º. Os Promotores de Justiça integrantes do GECAP deverão:

I – reunir-se trimestralmente com os Secretários Executivos das Promotorias de Justiça abrangidas por sua área de atuação, colhendo subsídios complementares para a identificação de metas imediatas e dos temas prioritários, além daqueles já definidos no Plano Geral de Atuação do Ministério Público de São Paulo;

II – reunir-se, periodicamente, com os órgãos estatais incumbidos da prevenção e repressão à prática dos delitos ambientais e dos que atentam contra parcelamento e ocupação regular do solo urbano;

III – elaborar, mensalmente, os seus relatórios de atividade e de produtividade, encaminhando-os à Procuradoria-Geral de Justiça, por meio do Centro de Apoio das Promotorias de Justiça Criminais, deles fazendo obrigatoriamente constar o número de procedimentos instaurados e concluídos, o número de denúncias oferecidas; o número de audiências extrajudiciais e judiciais de que tomou parte, dentre outros elementos que tornem os dados assimiláveis por indicadores de produtividade;

IV – participar de reuniões designadas pelo Procurador-Geral de Justiça.

Art. 9º. O GECAP contará com o apoio interinstitucional e multiprofissional do CAEX.

CAPÍTULO III - DA COMPOSIÇÃO

Art. 10. O GECAP será composto por Promotores de Justiça Criminais da Capital, designados pela Procuradoria-Geral de Justiça.

§ 1º. A designação dos Promotores de Justiça para a atuação junto ao GECAP será precedida de consulta aos órgãos de execução abrangidos por sua área de atuação;

§ 2º. As respectivas Promotorias de Justiça providenciarão, por provocação da Procuradoria-Geral de Justiça, a indicação dos seus membros que poderão vir a ser designados para a atuação junto ao GECAP.

§ 3º. Caberá à Procuradoria-Geral de Justiça, ciente da lista de inscritos, proceder às escolhas e designações dos integrantes do Grupo.

§ 4º. Não havendo número suficiente de indicados, providenciará a Procuradoria-Geral de Justiça a designação dentre os integrantes das Promotorias de Justiça abrangidas pela atuação do GECAP.

CAPÍTULO IV - DA ORGANIZAÇÃO

Art. 11. O GECAP contará com uma Secretaria Executiva que será ocupada por membro do Ministério Público integrante do Grupo, designado pela Procuradoria-Geral de Justiça, conforme escolha de seus próprios integrantes, competindo-lhe, sem prejuízo de outras funções:

I – encaminhar relatórios de atuação e produtividade, bem como estatísticas e análises específicas, fazendo-o por meio eletrônico;

II - encaminhar as cópias das peças processuais e das manifestações lançadas por seus integrantes para as respectivas Promotorias de Justiça com atribuições para os respectivos feitos, fazendo-o, preferencialmente, por meio eletrônico;

III – realizar reuniões com outros Grupos de Atuação Especial e órgãos de execução do Ministério Público;

IV – participar de eventos, reuniões de trabalho, simpósios ou encontros que discutam a atuação do Ministério Público em sua área de atuação;

V – organizar dados e estudos para a implementação de mecanismos destinados ao aperfeiçoamento funcional, submetendo-os à Procuradoria-Geral de Justiça, por meio do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça Criminais;

VI – atender às solicitações das Promotorias de Justiça Criminais do Estado, disponibilizando peças processuais, estudos ou pareceres pertinentes à sua área de atuação, fazendo-o por intermédio do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça Criminais;

VII – propor à Procuradoria-Geral de Justiça a divisão interna de atribuições, inclusive quanto à participação em audiências e afastamentos de seus membros.

Art. 12. A Procuradoria-Geral de Justiça fará publicar relatório anual de atividades e de produtividade do GECAP, em complementação aos relatórios mensais encaminhados à Corregedoria-Geral do Ministério Público, com destaque para as principais atividades desenvolvidas, acompanhado dos respectivos indicadores de avaliação de desempenho, número de ações judiciais propostas, valores reclamados e outros dados.

Art. 13. Os relatórios mensais serão encaminhados para a Procuradoria-Geral de Justiça, por intermédio do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça Criminais, que os cadastrará, arquivará e analisará metodicamente, com o intuito de aprimorar as atividades-fim do Ministério Público.

CAPÍTULO V - DISPOSIÇÕES FINAIS

Art. 14. A Procuradoria-Geral de Justiça, no prazo de 30 (trinta) dias, fará publicar Aviso dirigido às Promotorias de Justiça, dando-se início ao processo de legitimação dos Promotores de Justiça que passarão a integrar o GECAP.

Art. 15. A Central de Inquérito e Processos – CIPP e as Secretarias Setoriais no âmbito das Promotorias de Justiça Criminais da Capital providenciarão a remessa automática das peças de informação, representações, inquéritos e processos ao GECAP, nos termos do presente Ato.

Art. 16. A Diretoria-Geral disponibilizará os meios materiais necessários à atuação do Grupo.

Art. 17. Este Ato entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

São Paulo, 28 de julho de 2011.

FERNANDO GRELLA VIEIRA

Procurador-Geral de Justiça e Presidente do

Órgão Especial do Colégio de Procuradores de Justiça"

É um avanço importante! Os promotores do GECAP, entre outras atribuições, centralizarão as ações contra todas as formas de criminalidade envolvendo animais (domésticos inclusive), antes dispersas entre as várias promotorias criminais da cidade, que são responsáveis por muitos outros tipos de crimes (assaltos, estupros, latrocínios, seqüestros) e davam pouca importância aos crimes contra animais. Ainda há o que ser aprimorado, os animais não podem ser tratados como apensos ambientais. Mas avançamos!

O trabalho CONTINUA. Cabe aos ativistas e demais cidadãos cobrarem EFICÁCIA deste novo órgão, tão logo ele seja implementado. E mostrarem a enorme quantidade de casos de maus-tratos a animais que ocorrem diariamente, direcionando ao GECAP as denúncias. O registro desta grande demanda fará com que a questão animal seja tratada de forma cada vez mais diferenciada.

Agradecimentos

Reunião com o deputado Fernando Capez e o procurador-geral Fernando Grella Vieira.

Agradecemos ao Exmo. Deputado Estadual Dr. FERNANDO CAPEZ e a sua equipe pelo empenho em atender a esta demanda de milhares de cidadãos que se importam com a vida dos animais. O deputado abriu as portas de seu gabinete, prontamente abraçou a idéia da criação da Promotoria e não economizou esforços para que a questão animal fosse tratada de forma mais específica pelo Ministério Público, levando ao Procurador Geral a proposta de criação da Promotoria e do Grupo Especial. O site oficial do deputado publicou nota a respeito da criação do Grupo. Veja em http://capez.taisei.com.br/capezfinal/index.php?secao=1&subsecao=0.

Agradecemos ao Exmo. Procurador Geral de Justiça de SP, Dr. FERNANDO GRELLA VIEIRA, que nos recebeu por diversas vezes, pela atenção dispensada ao tema.

Agradecemos às mais de duas centenas de GRUPOS DE DEFESA ANIMAL que endossaram e deram representatividade a este movimento.

E, principalmente, AGRADECEMOS À VOCÊ, que apoiou nossa iniciativa assinando e divulgando as petições. Não fossem as milhares de assinaturas nas petições virtual e física, o processo de criação deste grupo sequer teria se iniciado. E não pense que acabou aí o efeito deste apoio. Iniciativas para a criação de Promotorias de Defesa Animal no país continuam ocorrendo em muitos estados brasileiros, todas surgidas após esta pioneira mobilização pela qual VOCÊS são corresponsáveis.

Acompanharemos o desenvolvimento destas ações e informaremos a todos.

Um abraço.

Fonte:

sexta-feira, 29 de julho de 2011

Cerimônia de despedida - Leão Ariel



"Queridos AMIGOS! Quero informar e convidar a todos para a cerimônia de cremação e despedida do nosso querido leãozinho de Deus Ariel. A cerimônia está marcada para se iniciar às 15hs do dia 31/07 (domingo) no PET MEMORIAL situado na Av. Sadae Takagi nº 860 - São Bernardo do Campo Rodovia dos Imigrantes - Saída Km 20 http://www.petmemorial.com.br/​localizacao.html
. A família Borges estará presente no local das 15 às 16hs. As cinzas do nosso Reizinho serão colocadas em um local muito especial, possivelmente na entrada do futuro zoológico que será construído na cidade de Maringá-PR, como forma de eternizar na memória todo o seu AMOR e FORÇA expressado durante a sua passagem pela terra. Obrigada pelo apoio de todos!"
Fonte: Facebook

O corpo de Ariel está passando por uma necrópsia na Universidade de São Paulo (USP) e ainda não tem data para ser liberado. "Queremos saber exatamente qual foi a causa da morte dele, por isso o exame deve ser detalhado", ressalta Raquel.

Arrecadação virtual

Para bancar as despesas com o tratamento de Ariel, várias campanhas pela internet foram feitas para arrecadar doações. No Facebook, a fan page "Ajuda ao Leão Ariel" possui mais de 65 mil membros. Segundo Raquel, o dinheiro era enviado à conta corrente do Instituto Emanuel, criado para captar recursos.

De acordo com a proprietária de Ariel, a conta do instituto possui cerca de R$ 18 mil atualmente. Ela pretende utilizar este dinheiro para ajudar outros animais, de qualquer parte do País, que precisam de tratamento e necessitam de recursos financeiros para bancar suas despesas.

"Acredito que Ariel tinha uma missão na Terra: chamar a atenção das pessoas para os cuidados com os animais. Essa seria uma bela forma de continuar o legado dele", afirma Raquel.

Os dirigentes do Instituto Emanuel pretendem fazer, em breve, uma prestação de contas de todos os valores arrecadados com a campanha de Ariel e discriminar os gastos. "Assim que for realizada a cremação do corpo dele e nós retornarmos a Maringá, pretendemos fazer a divulgação dos gastos de forma pública, para que nossos amigos virtuais saibam que o dinheiro deles foi bem empregado", diz.

Mudança de nome

O Instituto Emanuel pretende realizar uma assembleia em breve entre seus dirigentes para mudar o nome da organização. "Queremos que passe a se chamar Instituto Ariel. Seria uma bela homenagem", diz.

Comoção

A morte do leão Ariel causou comoção nas redes sociais e foi destaque no noticiário nacional. Até as 22h, as palavras "leão ariel" estavam no trending topics (assuntos mais comentados) do Twitter brasileiro. Milhares de "amigos" do leão continuam deixando postagens de pêsames pela morte do felino no Facebook.

Fonte: http://maringa.odiario.com/maringa/noticia/454811/leao-ariel-sera-cremado-campanha-arrecadou-r$-18-mil/


Matérias passadas:

Morre Leão Ariel - 60 mil pessoas unidas


Leão Ariel reage a tratamentos

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Morrissey faz comentário polêmico em show

Morrissey diz que massacre na Noruega não é nada perto das ações do McDonald's

Ataques aconteceram na última sexta-feira e resultaram em 76 mortes

Morrissey (Foto: Mark Allan/AP)

O cantor Morrissey fez um comentário polêmico no último domingo, 24, durante uma apresentação em Varsóvia, na Polônia. Segundo o músico, que é vegetariano, o massacre realizado por Anders Breivik em Oslo e na ilha de Utoya, na Noruega na sexta-feira da semana passada não são nada comparado ao que fazem as redes de fast-food McDonald's e KFC. Antes de começar a cantar "Meat Is Murder", o músico disse ao microfone: "Todos vivemos num mundo de crime, como demonstraram os acontecimentos na Noruega, com 97 mortos. Mas isso não é nada se comparado ao que acontece todos os dias no McDonald's e no KFC". Procurado pela imprensa londrina, um representante do cantor disse que ele não falaria mais a respeito, por considerar que a declaração dada "vale por si". Breivik, de 32 anos, matou oito pessoas em um ataque a bomba no centro de Oslo na sexta-feira passada e outras 68 em um acampamento do grupo de jovens do governista Partido Trabalhista. Em seguida, foi detido pela polícia local.

Fonte:

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Morre Leão Ariel - 60 mil pessoas unidas

Leão Ariel não resiste a tratamento e morre em São Paulo

O leão Ariel, que ficou conhecido no país devido à luta de seus criadores para que ele voltasse a se movimentar, morreu por volta de 13h30 desta quarta-feira (27). O animal vivia em Maringá (PR) e estava em tratamento em São Paulo, mas não resistiu. A informação foi confirmada por telefone por Raquel Borges, dona do animal.

O leão passou a ter convulsões e medicamentos foram aplicados para que o animal não voltasse a sofrê-las. Apesar dos problemas, o clima era de esperança entre os criadores e a equipe veterinária de que o animal pudesse se recuperar.

Em entrevista ao UOL Notícias, a criadora e "mãe" de Ariel, Rachel Borges, disse que todas as medidas estavam sendo tomadas para restaurar a saúde de Ariel, apesar dos problemas que estavam surgindo. "Sabemos que Deus está com ele".

Impedido de andar devido a uma doença degenerativa, Ariel estava com dificuldades para se alimentar e respirar. O animal foi submetido a um tratamento inédito para tentar restaurar os movimentos das patas.

O leão tinha três anos de idade, e apresentou os primeiros problemas de locomoção em julho do ano passado. Ele não conseguia ficar de pé e precisava de ajuda para se movimentar e ser tratado.

Ele foi então transferido para São Paulo neste mês para passar por um tratamento inédito, nunca feito em animais, conhecido como plasmaférese que consiste na remoção das células sanguíneas que causam a degeneração dos movimentos. Ele estava recebendo doações de plasma sanguíneo de outros leões.

Mais cedo, em nota oficial, a veterinária especializada em fisioterapia animal Livia Pereira havia informado que o leão tinha passado por um exame de raio-X para saber se a dificuldade respiratória poderia estar sendo causada por uma pneumonia. Mas Pereira declarou que seus pulmões não apresentavam esse problema.

"Descobrimos que seu pulmão está bem, mas ele está com acúmulo de líquidos na pleura, que é uma película que reveste o pulmão e a parede do tórax. O Ariel está recebendo suporte respiratório com oxigenioterapia. Faremos a punção do líquido que está na pleura para que ele consiga respirar melhor e a alimentação parenteral garantirá que ele não fique mais fraco ou desnutrido", explicou naquele momento a fisioterapeuta.

*Com reportagem de Dimitri do Valle, em Curitiba

Fonte: http://noticias.uol.com.br/cotidiano/2011/07/27/leao-ariel-tem-dificuldade-para-se-alimentar-e-respirar-e-sofre-convulsoes.jhtm

Leia matéria passada:

Leão Ariel reage a tratamentos

http://boanimal.blogspot.com/2011/07/leao-ariel-reagi-tratamentos.html


André Varella X Felipe Von Borstel

REVISTA ATREVIDA: fala sobre o modelo Felipe Von Borstel, a mesma foto usada pelo "Fake" André Varella - conhecido por alguns internautas como Protetor Animal, vítima de assassinato por Fazendeiros, no início de Junho/2011. Esta notícia dramática foi repassada entre Protetores de Animais e curiosos, através de páginas do Facebook e Orkut, por pessoas que se diziam amigas da vítima. Investigações foram feitas e indicaram uma farsa cometida por uma mulher a uma amiga que constava em sua Lista de Amigos, conhecida por Tia Rê, que disponibilizou a foto abaixo, com homenagens ao amigo.

Mais uma prova importante para fechamento do caso já constatado falso, ainda que as provas apresentadas anteriormente não tenham sido satisfatórias para ex-amigos enganados do "fake" André Varella.

Leia toda matéria passada aqui no blog:

Morre Assassinado Protetor de Animais - SP


Sepultamento de André Varella e Protesto dos Protetores de Animais!


"Fake" derrama Lágrimas - Protetor André Varella

http://boanimal.blogspot.com/2011/06/fake-derrama-lagrimas-protetor-andre.html

Quem é o gato: Felipe Von Borstel , 21 Anos, modelo, capricorniano. Onde Nasceu: . Curitiba (PR) Carreira: Começou um Modelo serviços sem Passado Ano, EM São Paulo."Recebi alguns Convites de Agências, Mas nao aceitei. Nao achava Que serviria par ISSO. Com o Incentivo de Pessoas próximas uma MIM, decidi Investir na Carreira." O fofo Muito trabalha com Desfiles Comerciais e. JA viajou parágrafo Nova York, Hamburgo, Grécia e México. Esporte: "E Minha Vida Pratico Muay tailandês (Kickboxing), futebol, surfe e Natação!". Inclusive, o lindo Dava Aulas de Muay tailandês, Mas Teve Que Parar Por hum ritmo Por Causa da Carreira de Modelo. Horas Vagas: "Adoro Ficar com amigos OU OS nd Companhia de UMA gatinha". Pará conquista-lo: "A garota desen ELA MESMA serviços, sincera e ter Atitude ". Sonho: Ir parágrafo Indonésia e curtir como Ondas los Bali. Planos Para o Futuro: Felipe viaja Este MÊS parágrafo Milão parágrafo UMA temporada de Trabalho Meses Durante Três. "Tenho Muita Vontade de atingir Meus OBJETIVOS e SINTO Que estou Bem Preparado parágrafo ISSO." Elementos also Gosta de cinema e pretende Seguir uma Carreira Em breve. "Como gosto de Fazer tudo bem FEITO, Quando eu Acar Que estou Preparado, Sera Meu Próximo Desafio. E Quero Estudar cinema nn ESTADOS Unidos."


Fonte da matéria (Atrevida): http://atrevida.uol.com.br/beleza-gente/135/artigo11670-1.asp

terça-feira, 26 de julho de 2011

Vacina da morte é mantida em São Paulo

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Vacina que matou 217 animais é mantida em SP


O Ministério da Saúde informou que tem realizado testes para ter certeza de que a vacina não oferece mais riscos

A vacinação contra a raiva ainda não tem data para começar / Foto: Stockxchnge

A vacina que será utilizada na campanha de vacinação contra raiva deste ano será a mesma aplicada no ano passado. A dose provocou diversas reações negativas e 217 mortes de animais em todo o país.

Por conta dos problemas com a medicação, a campanha, normalmente realizada entre julho e agosto, foi adiada e não tem data prevista para começar em São Paulo. Na campanha do ano passado, cerca de 1.401 animais tiveram problemas com a vacina.


Além das mortes, também foi registrado no ano passado um caso de contaminação humana por raiva, no Ceará. Para evitar novas contaminações, Estados do Norte e Nordeste já receberam doses da vacina, mas uma versão importada pelo Ministério da Saúde. Em todo o Estado de São Paulo, as doses de vacina contra raiva deste ano devem ser fabricadas pelo mesmo laboratório responsável pelas vacinas que provocaram mortes durante o ano passado.


Em comentário, o Veterinário atendido por Doug (página na internet), Cirurgião Geral na empresa Ki Canário Clínica Veterinária, responde:


Doug Vet


"217 mortes? Tá de brincadeira, foram muuuuitas mais que isso!! Sabem porque será amesma vacina? Porque ninguém foi responsabilizado, nenhum processo foi movido e nenhuma indenização foi paga! Ridiculo! Um Conhecido teve o cão morto pela vacina e simplesmente sumiram com o corpo do animal!!! Coincidência? Acho que não!"

E recomenda ainda o uso de vacinas de clínicas particulares:


"Sim as vacinas das clínicas particulares são diferentes, recomendo que os animais sejam vacinados por médicos Veterinários devidamente habilitados e que possuam suas vacinas devidamnte conservadas sob refrigeração! Segundo as leis brasileiras somente o médico veterinário pode aplicar medicações e vacinas em animais!"

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Gato adivinho - Atração na Internet - Vídeos

Os gatos fazem sucesso na internet há pelo menos 10 anos, quando os primeiros sites americanos de comédia começaram a fazer sucesso na grande rede. Como não poderia deixar de ser, alguns anos depois os simpáticos bichanos também se espalharam em vídeos caseiros no YouTube, ao lado dos bebês, é claro. Apesar de também ser fofo, o gatinho deste vídeo está ficando famoso por outros motivos.

Gato adivinho (Foto: Reprodução)

Ao tentar adivinhar em qual das mãos de seu dono está um grão de ração escondido, este gato mostra que consegue resolver um teste de adivinhação mais elaborado. Ele chega a errar, mas é muito curioso como ele, mesmo assim, pensa de forma coerente para conseguir sua comida.

Para alguns o vídeo do bichano é só mais uma besteirinha na internet. Mas fica a pergunta: Será que eles podem pensar (quase) tão rápido quanto os seus donos? Será que os nossos bichos de estimação são tão irracionais quanto pensamos?

Uma coisa é certa, estes vídeos divertidos com o menor dos felinos estão fazendo cada vez mais sucesso na internet, não é?

Confira as risadas e o gatinho maluco adivinho no vídeo abaixo:




Ainda sobre gatos...

Uma mulher solteira, conhecida como Debbie, estava em busca de um novo amor e decidiu gravar um vídeo para colocar em seu perfil no site de relcionamento eHarmony. Tudo bem até aí, o que ela não contava é que seu vídeo viraria hit na internet, mas não pelo motivo inicial.

Debbie (Foto: Reprodução)

Em seu vídeo, Debbie começa se apresentando e explica que é a primeira vez que grava um vídeo com este propósito. Logo no início da gravação ela menciona um fato importante sobre sua personalidade: ela ama gatos.

A emoção é tanta que ela não consegue se conter e esquece de se apresentar, passando a falar somente sobre os gatos, o quanto os ama e o quanto gostaria de poder abraçar todos os gatos do mundo.

O auge da gravação é quando ela começa a chorar. Ela percebe e se desculpa por ter entrado em um estado tão emocional, mas agora já é tarde. A linda Debbie certamente perdeu a atenção de potenciais namorados e atraiu outro tipo de expectadores.

Confira o vídeo original:


Depois do vídeo rodar o mundo, muitas paródias e diversos tipos de piadas foram feitos, mas um dos mais engraçados é o “CAN’T HUG EVERY CAT — a song about loving cats“, confira:


Depois de tantas risadas, várias pessoas começaram a desconfiar que o vídeo era falso e que foi uma atuação descarada da bela loira. Não é que é verdade? Não sabemos o objetivo, mas depois de tantos views, a mesma publicou um vídeo revelando a farsa e dando um tapa na cara da sociedade troll da internet.